Bem-estar

19/03/2020 08h00

Tempo de Proteção, Brasil!

Para atravessarmos a Pandemia de Coronavírus, precisamos de união, empatia e muitos cuidados!

Por Nosso Bem Estar

Pixabay
Bemestar2

BRASIL EM ALERTA!

O novo coronavírus chegou forte ao Brasil e vem se propagando rapidamente. O COVID-19  precisa ser enfrentando com muita seriedade em nosso país para evitar o que está acontecendo na Itália e Espanha, principalmente. Precisamos de muita responsabilidade e empatia para atender as solicitações que as autoridades e cientistas estão fazendo, pedindo isolamento e pouca circulação.

A estimativa é de que 80% a 90% das pessoas infectadas tenham sintomas leves. Sendo assim, a população deve evitar o pânico — entretanto, é fundamental tomar precauções para se proteger e não contribuir para a disseminação do vírus, que é muito perigoso para determinados grupos da população, principalmente os idosos.

A transmissão e a prevenção

Todo mundo está careca de saber, mas não custa lembrar e frisar novamente: a transmissão do coronavírus é feita por via respiratória, por eliminação de secreções e, também por consequência de contato com uma série de superfícies.

O contágio pode acontecer em diversas situações, tais como;

●     Gotículas de saliva, tosse, espirro;

●     Abraço e aperto de mão;

●     Contato em áreas infectadas, seguido do contato com a boca, nariz ou olhos.

Neste sentido, é preciso atenção especial com os seguintes itens:

●     Evitar ao máximo tocar os corrimões e maçanetas. Caso tocá-los, limpar as mãos com álcool gel;

●     As roupas e calçados também podem trazer o vírus para dentro de casa. É importante ao chegar em casa, trocar toda a roupa. Ter uma roupa só para dentro de casa é o ideal;

●     Manter borrifadores com álcool líquido na bolsa para esterilizar as mãos de forma mais seguida, mas também para limpar outros tipos de superfície, como chaves, celulares, teclas de caixa de banco, botões de elevador, controles remotos de TV, etc...

●     Na entrada de casa, manter borrifadores com álcool líquido para higienizar maçanetas e, principalmente chaves e celulares.

●     Colocar um pano com desinfetante do lado de fora da porta. Ajuda a desinfetar a sola do sapato antes de acessar o interior da casa (o vírus permanece no chão das ruas). Ao entrar, retirar os sapatos e deixá-los sobre um pano com desinfetante também.

●     Restringir o acesso de animais de estimação no interior da casa. No caso deles viverem in door, restringir os passeios ou ao retornar do passeio eles devem ter as patinhas limpas, antes de ingressar na residência.

●     No caso de idosos, é fundamental restringir visitas e saídas. Se possível, isolar em ambientes fora das cidades.

●     Faça a higiene frequente das mãos com água e sabão ou álcool em gel;

●     Não compartilhe talheres, copos e outros objetos pessoais;

●     Não coloque as mãos nos olhos, nariz ou boca;

●     Deixe o ambiente ventilado;

●     Cubra o nariz e a boca com a dobra do cotovelo, ou com um lenço de papel, ao tossir ou espirrar;

●     Evite aglomerações e procure ficar em casa. Entretanto, se você utilizar o transporte público, as principais dicas são: fazer a higiene das mãos com álcool em gel e evitar encostá-las no rosto, além de procurar manter uma distância de, pelo menos, um metro de outros indivíduos.

DICA RÁPIDA - A lavagem das mãos deve ser feita com atenção, esfregando a palma e o dorso, a ponta e entre os dedos e os punhos por pelo menos 20 segundos.

Além disso, manter hábitos saudáveis, com uma alimentação equilibrada, realização de exercícios e consumo de água ajuda a imunidade do organismo. Aliás este tema, imunidade, é um dos mais vitais para aumentar nossa proteção pessoal.

 

 

Alimentos que aumentam a imunidade

A alimentação é importante para o bom funcionamento do sistema imune e os alimentos ricos em ômega-3, selênio, zinco, probióticos, vitaminas A, C e E são os mais indicados para aumentar o sistema imune, já que favorecem a produção das células de defesa do organismo de forma mais eficiente.

Importante - Incrementar na alimentação o uso de açafrão, própolis e alimentos que aumentem a imunidade, como inhame, pimentões orgânicos e raízes em geral. Evitar o consumo de açúcar, álcool e outras drogas.

Outros itens que devem ser adicionados ao cardápio:

·       Ômega-3: sardinha, salmão, arenque, atum, sementes de chia, nozes e linhaça;

·       Selênio: castanha do pará, trigo, arroz, gema de ovo, sementes de girassol, frango, pão de forma, queijo, repolho e farinha de trigo;

·       Zinco: ostras, camarão, carne de vaca, frango, peru e peixe, fígado, gérmen de trigo, grãos integrais e frutos secos (castanha, amendoim e castanha do Pará);

·       Vitamina C: laranja, tangerina, abacaxi, limão, morango, melão, mamão, manga, kiwi, brócolis, tomate, melancia e batata com casca;

·       Vitamina E: sementes de girassol, avelã, amendoim, amêndoas, pistache, manga, azeite de oliva, molho de tomate, azeite de girassol, nozes e mamão;

·       Vitamina A: cenoura, babata doce, manga, espinafre, melão, acelga, pimentão vermelho, brócolis, alface e ovo;

·       Probióticos: iogurte natural, leite fermentado tipo kefir ou Yakult para manter a saúde intestinal.

·       Alho e cebola: Ambos contêm substâncias que estimulam enzimas e inibem o crescimento bacteriano

·     Gengibre: Combate a proliferação de vírus e bactérias alojadas no organismo. Tem ação anti-inflamatória, antibacteriana e antisséptica.
 

Receitas para melhorar a imunidade:

1 - LARANJA COM CENOURA, AGRIÃO E CHIA

Ingredientes:

·       suco de 3 laranjas;

·       1 cenoura;

·       1 xícara de chá de folhas e talos de agrião;

·       1 colher de sopa de semente de chia.

Modo de preparo:

Bata no liquidificador o suco de laranja com a cenoura, o agrião e as sementes de chia até obter um suco homogêneo.

2 - LIMÃO COM GENGIBRE E MAÇÃ

Esse suco é rico em fibras, tem ação anti-inflamatória e antioxidante, ideal para reforçar as defesas do corpo.

Ingredientes:

·       100 ml de água de coco;

·       2 fatias de gengibre;

·       ½ pedaço de maçã;

·       suco de 1 limão siciliano;

·       canela em pó a gosto.

Modo de preparo:

No liquidificador, bata todos os ingredientes até obter uma mistura homogênea.

O cuidado com os idosos

Quem tem idade avançada, ou convive com idosos, deve tomar cuidado redobrado, pois esse grupo apresenta maior risco para a doença. A imunidade do idoso é mais baixa e pulmões e mucosas são mais vulneráveis a infecções virais. Além da idade, doenças crônicas, como diabetes, hipertensão, problemas cardiovasculares ou respiratórios também são fatores de risco.

 Medidas para conter o surto de coronavírus estão sendo adotadas, mas a população precisa fazer a sua parte ao aplicar essas estratégias para prevenção.

X